Síntese das medidas de apoio publicadas

COVID 19

 

Medidas extraordinárias, temporárias e transitórias de apoio às empresas, trabalhadores e cidadãos aprovadas pelo Governo e já em vigor, no âmbito da situação epidemiológica provocada pelo novo coronavírus SARS-Cov-2 e da doença COVID-19

 

A APCMC tem acompanhado e continua a acompanhar de muito próximo a evolução da situação da pandemia do COVID-19 e as medidas adotadas pelo Governo. Temos recolhido e esclarecido, naquilo que é possível, as dúvidas colocadas pelas empresa associadas e divulgado todas as recomendações do Governo e das Autoridades de Saúde.

Em coordenação com a CCP, cuja Direção integra, a APCMC tem veiculado sugestões de melhoria das medidas de proteção às empresas e outras que julgamos adequadas, para a salvaguarda das mesmas, dos empregos e da própria economia.

O período que vivemos é grave. Para além das medidas de cuidado que naturalmente se exigem, regista-se um certo empolamento na comunicação social, veiculando informações muitas vezes descontextualizadas e tendenciosas, criando um terreno fértil para o aumento da ansiedade dos cidadãos capaz de gerar o pânico e justificar medidas e comportamentos social e economicamente perigosos e que podem abalar seriamente a economia e as estruturas que suportam a nossa sociedade.

Temos, como agentes económicos responsáveis, de agir com rigor e exigência na defesa da saúde dos nossos colaboradores e dos nossos concidadãos, sobretudo dos mais idosos e fragilizados que são as vítimas principais desta pandemia, mas temos igualmente que defender a nossa sociedade e para isso manter, ainda que com restrições, as empresas a funcionar, garantindo emprego, salários e rendimentos e, sobretudo, a continuidade do abastecimento e dos serviços às populações e às diversas atividades económicas ou outras, evitando ruturas que seriam particularmente danosas para os mais frágeis economicamente.

Deverá, por isso, ser também nossa prioridade inculcar em todos com quem nos relacionamos, colaboradores, clientes ou fornecedores, um sentimento de confiança e de exigência cívica no cumprimento das nossas obrigações. O medo não pode vencer e o país não pode parar!

Juntamos uma síntese atualizada das medidas de apoio entretanto publicadas, que atualizaremos logo que haja mais informação disponível.

 

Síntese de medidas de apoio publicadas – PDF Completo