Revista nº 201 || Dossier Eficiência Energética

Revista nº 201 || Dossier Eficiência Energética
[Descarregar PDF – Versão Completa]
Revistas anteriores

Caro colega,

A incerteza volta a aumentar!

Carlos RosaEstamos a enfrentar novos desafios, agora com o esperado aumento das taxas de juro, com vista a trazer a inflação para próximo dos 2%.

A economia necessariamente irá registar um arrefecimento, mas, segundo dados publicados recentemente, não se esperam crescimentos negativos da economia portuguesa, nem para 2023, nem para 2024. Do mal o menos.

Se na economia como um todo se espera uma redução acentuada do crescimento, crescimento que existirá, na construção, segundo o Modelo de Previsões da APCMC, a redução, ao que se espera, não será tão acentuada e, consequentemente, a venda de materiais de construção deve acompanhar esse crescimento, então mais modesto mas positivo.

Vamos olhar em frente com otimismo, mas atentos à envolvente. Como todos sabemos, nada é garantido, bem pelo contrário, a única certeza que temos é que tudo muda constantemente. Os preços da energia, a inflação, as taxas de juro, a possível recessão em alguns países europeus, tudo está ligado…

Nos dias 22, 23 e 24 de Setembro decorreram, em Lisboa, dois eventos dignos de nota: os Congressos da APCMC e da FEST.

Estivemos reunidas mais de 230 pessoas entre os dois eventos, que foram de certa forma complementares. A minha perceção é que todos tivemos um sentimento de pertença a um projeto positivo, útil às nossas empresas e inspirador para o futuro.

Se no Congresso nacional ouvimos dizer que a construção não está em crise, nas palavras do Prof. Fernando Alexandre, um dos economistas mais ouvidos atualmente em Portugal, e o CEO da Grohe, o Sr. Jonas Brennwald, a reforçar a aposta na parceria com o canal da distribuição tradicional, no Congresso europeu, com excelentes oradores internacionais, o apelo foi para a mudança, a inovação, a aposta na experiência do cliente, nas ferramentas de inteligência artificial para melhorar a tomada de decisão e a satisfação do cliente – não devemos procurar fidelizar o cliente, devemos “fidelizarmo-nos ao cliente”… -, finalizando com uma perspetiva muito interessante sobre a China e a velocidade da mudança, que também nos deve fazer refletir, já que não é suficiente mudar, é necessário mudar rápido!

Mas como a atividade da nossa Associação não para, convido os Ilustres Colegas a reservar já nas vossas agendas o dia 13 de Outubro. Agora no Porto, integrado na Concreta, vamos comemorar o Dia do Comerciante de Materiais de Construção com uma manhã muito preenchida.

Começamos com a Grande Conferência APCMC, cujo tema não poderia ser mais apropriado – As Parcerias Estratégicas -, com o Prof. José Luís Alvim, da Porto Business School, a abordar este tema, seguida de uma mesa redonda com em presas líderes nacionais – Comerciantes e Fabricantes -, encerrando com a entrega de prémios e medalhas de mérito comercial e associativo.

Em 2022 ainda teremos pelo menos mais uma iniciativa, o nosso Jantar de Natal, com a tradicional visita a um fabricante de Materiais de Construção, patrocinador des te importante evento para a nossa vida associativa.

O associativismo está vivo nos Materiais de Construção!

Obrigado, Caro Colega, pelo seu contributo!

Bons negócios e espírito associativo.

Revista nº 201 || Dossier Eficiência Energética
[Descarregar PDF – Versão Completa]
Revistas anteriores