Revista nº 200 || Dossier Ecoeficiência

Revista nº 200 || Dossier Ecoeficiência
[Descarregar PDF – Versão Completa]
Revistas anteriores

Caro colega,

O verão é sempre uma época de otimismo e de intensa atividade, mas também de férias das nossas equipas e das nossas famílias.
Carlos Rosa

O verão também é uma época de balanço e avaliação dos nossos projetos, para olhar para o futuro, um futuro difícil de prever, cada vez mais difícil de prever.

Já nos acostumámos a tempos de incerteza causada por vários fatores, políticos, económicos, mas não esperávamos tempos de rotura como os que vivemos.

Podemos afirmar que vivemos tempos de ignorância, não se trata de não conseguir prever com uma certa margem de erro, trata-se de não saber, ignorar, o que vão ser os próximos meses sob vários pontos de vista.

Na crise financeira que decorreu entre 2009 e 2013 Portugal estava no centro do “furacão” e, consequentemente, fomos severamente atingidos. Esta é uma crise com origem na invasão da Ucrânia pela Rússia, que começou em 2022 e não se sabe quando e como vai terminar, mas sabe-se que alterou por muitos anos o puzzle económico global e, muito particularmente, o Europeu.

Os desafios que temos pela frente são muitos e todos prejudicados pela ignorância em que vivemos. Inflação, taxas de juro, custo da energia, novas origens das matérias-primas, novas rotas (cadeias de abastecimento) dos produtos que chegam às nossas lojas, evolução do preço das casas e do poder de compra das famílias, desemprego, etc… Tudo irá influenciar o futuro próximo dos nossos negócios, tudo condicionado pelo evoluir de fatores de que temos total ignorância, sobre como será o desfecho desta crise.

Obviamente que só nos resta olhar para a frente e manter os olhos no futuro das nossas organizações.

Caros Amigos, se por um lado esta instabilidade nos traz preocupação, por outro o nosso setor em particular mantem uma trajetória que parece resiliente. Apesar da inflação expressiva, as vendas vão mantendo o seu ritmo, se não em volume, pelo menos em valor. Bem sabemos que as decisões de investimento na construção levam tempo a tomar e tempo a realizar, o que pode refletir mais tarde decisões de hoje.

A nossa Associação, a APCMC, tem o dever de apoiar os seus associados e ser um fórum de partilha de informação. Neste sentido, temos em agenda iniciativas que nos vão pôr ao corrente dos temas mais relevantes para o nosso setor e para a eco­nomia em geral, quer ao nível do nosso país, quer da Europa.

Assim, gostaria de chamar a vossa atenção para um evento que é um fórum de discussão por excelência: o Congresso da APCMC, este ano em simultâneo com o Congresso da FEST – Federação Europeia dos Distribuidores de Produtos Sanitários e Climatização. Seremos confrontados com a visão e opinião de oradores nacionais e internacionais sobre diversos temas que estão na agenda dos dias de hoje.

Nesta publicação encontrarão o programa detalhado de ambos os Congressos.

Os temas são vários: Outlook Economia Portuguesa e Setor da Construção; Transformação Digital; Futuro da Distribuição; Experiência do Cliente; Inteligência Artificial.

Vão marcar presença os líderes dos maiores distribuidores da Europa, com quem podemos estabelecer contatos, ouvir e partilhar os nossos pontos de vista.

Estou certo que iremos sair destes Congressos mais alinhados com o futuro da distribuição.

Desejo a todos os estimados colegas umas excelentes férias com saúde e em segurança, e um regresso revigorado.

Boas Férias e Espírito Associativo!

Revista nº 200 || Dossier Ecoeficiência
[Descarregar PDF – Versão Completa]
Revistas anteriores