O estado do mercado empresarial português

O estado do mercado empresarial português

Até ao ano passado, a economia portuguesa dava sinais de uma dinamização positiva. De 2017 a 2019 verificou-se uma curva ascendente no que respeita ao nascimento de empresas, o que demonstra confiança por parte dos empresários portugueses.

Já no que concerne aos encerramentos, não existe uma linearidade, já que em 2019 ocorre uma, quase, duplicação no numero de empresas encerradas. Este aumento pode ser explicado, eventualmente, pela criação de empresas muito acima da economia, podendo não ter, muitas delas, capacidade de sobrevivência, bem como, pela ação do Estado no que diz respeito às regras que ditam a inatividade das empresas, promovendo a sua dissolução. Por outro lado, as Insolvências diminuem, pelo bom contexto económico da altura.

Continuar a ler