Marcação CE nos produtos exportados para o Reino Unido

reino_unido_brexitSegundo informação da DGAE, Direção-Geral das Atividades Económicas, o Reino Unido decidiu prolongar por mais 1 ano, até 1 de janeiro de 2023, o prazo de aceitação da marcação CE para efeitos de colocação no seu mercado de bens oriundos da UE (com exceção dos dispositivos médicos, em que é aceite até 01/07/2023).

Todos os exportadores para o mercado britânico dispõem, assim, de mais 1 ano para se prepararem para usar a marcação UKCA (United Kingdom Conformity Assessment), a qual comprova que todos os requisitos exigidos a um determinado bem foram cumpridos em conformidade com a legislação britânica e que esse bem pode ser colocado no mercado do Reino Unido.

Consulte aqui a lista completa dos setores/bens sujeitos a marcação UKCA, como os produtos de construção, e outra informação necessária

e aqui as FAQ ().