Boletim Materiais de Construção nº 367

Nota de abertura

Valorizar os recursos humanos!

Uma das novidades que o recente período de recuperação económica nos trouxe foi o novo despertar das consciências para a importância dos recursos humanos para o crescimento das empresas.

 

Durante os anos da crise, essencialmente entre 2010 e 2015, a preocupação das empresas foi emagrecer as respetivas estruturas, nomeadamente ao nível dos colaboradores. Quando a economia arrancou, os colaboradores que sobreviveram ao processo de reestruturação chegavam e sobravam para as “encomendas”, até que, numa segunda fase, se começaram a deparar às empresas mais dinâmicas duas dificuldades de resolução complexa: falta de pessoas disponíveis para trabalhar e qualificações inadequadas ou insuficientes.

O problema tem vindo a aumentar de dimensão, com duas agravantes: o aumento dos custos salariais e a limitação da capacidade de crescer. Enquanto o ciclo económico se mantiver positivo, a pressão sobre os salários será cada vez maior e a única forma de contrabalançar os respetivos efeitos será a do aumento da eficiência e a produtividade das nossas organizações, tarefa tanto mais difícil quanto menos qualificados forem os colaboradores.

Por outro lado, todos os dias estão a aparecer no mercado profundas inovações, também no nosso setor de atividade, impulsionadas pela tecnologia e pela digitalização dos processos, normalmente trazidas pela mão das grandes empresas multinacionais da distribuição e pelos operadores digitais “nativos”, que nos colocam numa situação de inferioridade em dimensões competitivas relevantes, nomeadamente nas áreas da conveniência e da experiência de compra, para não falar no preço.

A melhoria da competitividade das empresas independentes de materiais de construção obrigará, certamente, a investimentos, quer nas ferramentas digitais, quer na logística, quer na organização e gestão dos pontos de venda, mas, sobretudo, exige uma especial atenção ao recrutamento e formação dos colaboradores, que, no fim do dia, são quem realiza as tarefas e podem fazer a diferença.

A APCMC dispõe de know-how específico e de uma vasta e profunda experiência na área da qualificação dos recursos humanos e tem à disposição dos seus associados uma oferta diversificada de formação, apoiada pelos fundos do Portugal 2020.

Fale connosco!

 

Boletim Materiais de Construção nº 367

PDF || Versão Completa

 

Publicações Anteriores