Boletim Materiais de Construção nº 362

Nota de Abertura

Algo está a mudar…

Não, não estamos a falar dos resultados eleitoriais… Tão pouco pretendemos analisar possíveis efeitos de acontecimentos externos “perigosos”, como o Brexit ou a guerra comercial entre os EUA e a China. Nem sequer especular sobre as possíveis distorções induzidas nos comportamentos de investidores, consumidores e Estados pela longa permanência das taxas de juro negativas.
 

Pretendemos, apenas, chamar a atenção dos nossos associados para novas alterações que estão pouco a pouco a ocorrer na composição e estrutura dos segmentos de mercado a que se destinam os materiais de construção.

Foi há pouco tempo, mas convém recordar que este surto de crescimento que vivemos nos últimos três anos foi principalmente alavancado pela atividade de reabilitação urbana, que, esgotado o stock de ativos imobiliários mais interessantes, está, a pouco e pouco, a perder ritmo. Há muita reabilitação para fazer, mas é outra e os respetivos pressupostos não estão ainda reunidos para que este segmento/oportunidade assuma a dimensão que gostaríamos (e que o país e as famílias necessitam).

O segmento que mais cresce voltou a ser o da construção nova de habitação, porventura com algumas diferenças na promoção face ao passado já algo distante em que foi o grande mercado de destino dos materiais de construção. Não é que essa realidade esteja para voltar e a composição do mercado de destino será sempre mais equilibrada entre construção nova e reabilitação. O que se sucede é que a alteração nas quotas dos vários segmentos tem consequências, uma vez que eles exigem uma abordagem comercial, competências e recursos diferentes.

Convém estar atento, até porque esta pode ser uma oportunidade interessante para acentuar fatores de diferenciação positiva em relação à concorrência dos grandes grupos de distribuição de bricolage. Abordar esta oportunidade aumentando descontos e baixando margens é que não é seguramente o melhor caminho.

 

Boletim Materiais de Construção nº 362

PDF || Versão Completa

 

Publicações Anteriores