Boletim Materiais de Construção nº 354

Nota de Abertura

Ambiente e Sustentabilidade: mera questão de moda?

Ambiente, eficiência energética, sustentabilidade, descarbonização, economia circular e outros, são vocábulos, expressões e temas que invadiram o nosso quotidiano.
 

Importa perceber, para além de temas mediáticos e de preocupação política e social, de que forma se refletem positiva ou negativamente nos negócios.

No plano de obrigações, taxas e proibições, parece não haver dúvidas que muitas delas têm este mote. E ao nível das oportunidades?

Na base da eficiência energética e das energias renováveis apareceram novos produtos e sistemas e desenvolveram-se mercados específicos, muitos deles beneficiando de apoios públicos.

Julgamos, todavia, que há dois aspetos que as empresas, sobretudo as da nossa fileira, devem ter em especial consideração nos próximos tempos. O primeiro é o facto de ainda estarmos no princípio da aplicação das políticas ambientais, o que faz com que os desafios nos próximos anos sejam muito maiores e mais suscetíveis de alterar os setores e atividades como hoje as concebemos. O segundo, que também está suportado no primeiro, tem que ver com as imensas possibilidades de inovação e diferenciação de produtos, serviços e modelos de negócio e mesmo de relacionamento entre os diversos agentes de mercado e as respetivas funções.

Em particular, a opção da Europa pela transição de um modelo de economia linear para um modelo de economia circular, que já tem expressão em planos de ação nacionais, inclusive entre nós, vai mobilizar universidades, empresas e a administração pública na promoção de produtos e de serviços suscetíveis de garantir que nada é colocado no mercado sem que esteja garantida a sua máxima durabilidade (incluindo reparação), a sua reutilização (ou a dos seus componentes) ou a sua reciclagem.

Devemos perguntar-nos o que é que isto irá significar para as nossas empresas, mas também que oportunidades poderá representar, no sentido de dar respostas aos novos desafios, nomeadamente na relação com os nossos clientes.

Atenção! Há apoios.

 

Boletim Materiais de Construção nº 354

PDF || Versão Completa

 

Publicações Anteriores