Reynaers Portugal recebe distinção do Projeto do Ano 2017

TORRES KIANDA TRAZEM PARA PORTUGAL A DISTINÇÃO “PROJETO DO ANO 2017” DO GRUPO REYNAERS  

A  distinção  é  feita  pelo  próprio  grupo  belga,  que  todos  os  anos  elege  o  mais emblemático dos projetos com sistemas Reynaers em curso, à escala global.  

As Torres Kianda constituem um dos grandes projetos a transformar a paisagem arquitetónica da baixa de  Luanda  (Angola)  na  atualidade.  As  duas  torres  já em construção  localiza-se  a  poucos  metros  do Museu  da  Moeda,  numa  área  de  implementação  de  10.000 m2.  Trata-se  de  um  empreendimento  de alto  padrão,  arquitetonicamente  exigente, composto por um total de quatro torres de doze  pisos.  Vai acolher uma galeria comercial de 12.168 m², escritórios numa área de 95 mil m², um pátio ajardinado e um estacionamento coberto com capacidade para cerca de 350 viaturas.

Os  edifícios  têm  fachadas  curvas,  revestidas  a  vidro  e  betão  polímero,  a  imitar  pedra  branca.  A Reynaers Alumínium, líder no desenvolvimento de soluções em alumínio para envolvente transparente dos  edifícios  e  com  presença  em  Portugal  desde  2008,  foi  a  parceira  eleita  pelo  gabinete  FA.A Arquitectos,  pelas  construtoras  Edifer  Angola  SA  e Griner  SA,  bem  como  pela  Panservice  SA,  cujo investimento fez nascer o empreendimento.

 

Sistemas Reynaers Aplicados
Fachadas:  

Concept Wall  CW  65-EF  – Sistema  de  Fachada  Modular com máxima  transparência  –  mais  info  em:
https://www.reynaers.pt/pt-PT/arquitetos/products/cw-65-ef

Sistema de Fachada Grampeada CW 50-SC: Liberdade criativa e máxima entrada de luz – mais info
em: https://www.reynaers.pt/pt-PT/arquitetos/cw-50-sc

Janelas:  
Concept    System   CS   68-HV   –   Sistema   de   Janela   de   Folha   Oculta   –   mais   info   em:
https://www.reynaers.pt/pt-PT/arquitetos/cs-68-hv

Localização do Empreendimento: Luanda, Angola
Alçado Norte: Av. Marginal 4 de Fevereiro
Alçado Nascente: Rua Amílcar Cabral e edifício do Banco BPC
Alçado Poente: Arruamento e edifício do IGCA
Alçado Sul: Arruamento

Partilhar: