Grande Conferência APCMC – As parcerias estratégicas

Realizou-se no passado dia 13 de outubro, no decorrer da feira Concreta, na Exponor, a Grande Conferência da APCMC – As parcerias estratégicas. Um tema de interesse e que mobilizou uma grande presença neste evento organizado pela APCMC – Associação dos Materiais  de Construção, com o patrocínio da Gestluz, o apoio da Leca e da Secil e a colaboração da Concreta.

Carlos Rosa, Presidente da Direção da APCMC, abriu a sessão, tendo sublinhado na sua intervenção as vantagens do nosso modelo de distribuição assente em três níveis – fabricante, distribuidor e profissional – assim como o papel das parcerias estratégicas entre fornecedores e revendedores para aumentar a eficiência e melhorar os serviços ao cliente.

O Prof. José Luis Alvim, Consultor e Professor da Porto Business School onde coordena os Programas Advanced Management Programme, Curso Geral de Gestão, Programa Geral de Gestão Intensivo,  foi o orador convidado para apresentar “As parcerias estratégicas”, tema que promoveu a interação com o público presente. [Apresentação]

Seguiu-se o debate – Parceria Fabricante Distribuidor é o Caminho Certo? – entre representantes de empresas do sector (fabricantes e comerciantes). A APCMC convidou para moderar esta conversa o Prof. Manuel Nogueira, professor universitário, e representantes dos fabricantes Jorge Vieira, Diretor Geral da Roca, Alfonso Bugallo, Diretor Geral da Onduline e António Ricardo Oliveira, Administrador da OLI. Da parte dos comerciantes estiveram presentes Álvaro Pinto, CEO da Álvaro Covelo & Pinto, Lda, Luis Rio, CEO, da Reconco e Américo Campos, CEO, da Sanipower.

De seguida, realizou-se a cerimónia de atribuição  dos prémios para a Melhor Exposição de Cerâmica, Banho e Cozinha 2022, que tiveram como vencedores a Macovex e a Matobra, respetivamente, na categoria de Melhor Loja Física e Melhor Loja – Inovação. Os troféus foram desenvolvidos e oferecidos pela Recer, Patrocinador deste Prémio criado em 2019.  José de Matos destacou a importância do investimento nas exposições como forma de valorizar o papel dos comerciantes na cadeia de distribuição, apresentando os produtos e soluções ao mercado e apelou para que na próxima edição concorram mais empresas. (ver mais)

José de Matos deu um particular destaque à iniciativa de atribuição das Distinções de Mérito Comercial e Associativo às empresas que perfizeram 25, 50,75 e 100 anos de atividade. (ver mais)