Marcas mundiais da Fileira Casa reúnem-se no Porto


Detalhes do evento


Os principais players nacionais e internacionais da Fileira Casa vão estar reunidos no Portugal Home Week, nos dias 21 e 22 de junho de 2022, no Centro de Congressos da Alfândega do Porto.

O evento, organizado pela Associação Portuguesa de Indústrias de Mobiliário e Afins (APIMA) com o apoio institucional da AICEP Portugal Global, estima receber profissionais de mais de 40 nacionalidades para debater o futuro de um dos clusters mais exportadores da economia nacional, assim como para apresentar ao mundo as últimas tendências e inovações da Fileira Casa Portuguesa.

O Portugal Home Week conta com dois grandes momentos:  Home Show e Home Summit. O Home Show assume-se como a montra por excelência da produção nacional, com a participação de cerca de 60 expositores das indústrias da Fileira Casa Portuguesa: mobiliário e colchoaria, têxteis-lar, iluminação, utilidades domésticas, cerâmica decorativa e utilitária.

O Home Summit, por seu turno, é um fórum de discussão onde serão debatidos o futuro, a inovação, a internacionalização e a sustentabilidade destes setores.  A iniciativa conta com a presença de oradores como Álvaro Siza Vieira, um dos mais reconhecidos e premiados arquitetos mundiais, Ingrid Abramovitch, Editora Executiva da Elle Decor Nova Iorque, Mario Ortega, CEO da BIMObject América Latina e Península Ibérica, e Mário Ferreira, CEO do Grupo Nau, entre muitos outros.

Paralelamente a estes dois eixos vão decorrer várias outras ações, como reuniões entre empresas e importadores (Home B2B), atividades de lazer para os visitantes (Home Fun Trips) e iniciativas desenvolvidas com o intuito de promover o design português e fomentar o reconhecimento da criatividade e da cultura nacional (Partners).

Os participantes internacionais terão ainda a oportunidade de visitar diretamente as fábricas e showrooms das empresas nacionais, no âmbito da iniciativa Home Pro Trips.

Segundo Gualter Morgado, “O Portugal Home Week tem como objetivo posicionar a Fileira Casa Portuguesa a nível nacional e internacional como um cluster de qualidade reconhecida, capaz de agregar tradição e inovação”. O Diretor Executivo da APIMA sublinha ainda que “Ao contar com a presença de compradores e prescritores de todo o Mundo, este evento permite ainda apoiar as empresas nacionais na penetração em novos mercados, por forma a diversificar as exportações”, conclui.

A segunda edição do Portugal Home Week marca o regresso do evento após uma pausa causada pela pandemia de Covid-19. Na sua primeira edição, a iniciativa reuniu mil profissionais e 50 empresas, gerando um milhão de euros em encomendas e, nos meses subsequentes, negócios no valor de quase 10 milhões de euros.

Este ano esperam-se visitantes oriundos de mercados como os EUA, Canada, França, Espanha, Reino Unido, Alemanha, Áustria, Bélgica e também dos Países Nórdicos. Englobando mais de 60 mil trabalhadores e mais de 7 500 empresas, as indústrias da Fileira Casa Portuguesa correspondem a 4,5% do total das exportações portuguesas, com um volume de negócios de 3,3 mil milhões de euros.