CCP critica Programa de Estabilidade e PRR

A CCP, Confederação do Comércio e Serviços de Portugal, cuja Direção a APCMC integra, pronunciou-se sobre o Programa de Estabilidade 2021-2025 e a versão final do PRR, Plano de Recuperação e Resiliência, criticando um cenário de evolução da economia portuguesa acomodada a um crescimento medíocre no pós-crise, pesem os montantes financeiros comunitários alocados ao país, o retorno a um défice continuado da balança comercial do país, que o modelo e o perfil da nossa economia tenderá a agravar, um PRR dececionante e que ignora os sectores que mais poderiam contribuir para uma retoma mais robusta da economia

Informação completa