Barbot adquire a empresa Diera

Com sede em Matosinhos e com duas unidades fabris (Santo Tirso e Leça da Palmeira), a Diera dedica-se à produção de argamassas e colas, o que vai permitir à Barbot expandir a gama de produtos.

A expansão e crescimento no mercado português sempre foi um dos objetivos do grupo Barbot. Por isso, 2019 começou com a aquisição da empresa Diera por 2,3 milhões de euros. A empresa de colas e argamassas está sediada em Matosinhos e conta com duas unidades fabris, em Leça da Palmeira e Santo Tirso.

“Há alguns anos que temos vindo a expandir a nossa gama de produtos, para além das tintas e vernizes temos soluções na área dos isolamentos e pavimentos. Com a aquisição da Diera tornamo-nos na empresa mais completa no mercado português na oferta de soluções para a construção”, sublinha Carlos Barbot, CEO do Grupo Barbot. A compra da empresa pelo grupo Barbot “em nada vai alterar o seu funcionamento, mantêm-se os postos de trabalho e a produção nas duas unidades fabris”, ressalva o responsável, acrescentado que a Diera manterá a sua atividade independente da Barbot, com sede e unidade fabril em Canelas (Vila Nova de Gaia).

O líder do grupo Barbot encara com otimismo esta nova fase e antevê um crescimento da empresa no mercado interno: “Estou confiante de que este negócio será uma peça fundamental para o crescimento da Barbot ‘dentro de portas’ e para cimentar a nossa posição como um dos principais players do mercado”.

De salientar que a Diera tem 50 anos e foi fundada em 1967. Inicialmente a atividade da empresa centrava-se na produção de tintas e vernizes, mas depressa evoluiu para o mercado das argamassas e colas. Em 1997  apostou no segmento das argamassas de juntas, em complemento à gama existente das colas de construção e nove anos depois alargou a gama de produtos para o segmento das argamassas técnicas. Por isso, na área de colas e argamassas a Diera é uma das mais importantes empresas portuguesas. Atualmente, exporta direta ou indiretamente para mais de 20 países na Europa, África, Ásia e América.